Do orçamento à entrega: como funciona um ensaio fotográfico?

Um ensaio fotográfico bem planejado e com processos consistentes sempre gera fotos maravilhosas a partir de uma experiência inesquecível de autoconhecimento. Venha conhecer de perto cada parte dessa prática artística.

Victória Frois por Gabriel Juan | Gabriel Juan Fotografia
Victória Frois por Gabriel Juan

COMO É QUE AS COISAS FUNCIONAM?


Uma das maiores preocupações de quem nunca foi modelo por um dia em um ensaio fotográfico é sobre o funcionamento e os processos que acontecem - tanto no dia das fotos em si - quando nos preparativos e pós-produção. Alguns fotógrafos gostam de “manter segredo” sobre seus processos próprios e não os divulgam amplamente para o público, o que pode gerar quebras de expectativa e frustrações por parte das pessoas que acabaram de se tornar suas clientes.


Praticamente 100% dos procedimentos que constituem a confecção e produção de um ensaio fotográfico comum (e aqui eu digo “comum” querendo me referir à aqueles ensaios que atendem ao público geral, e não à modelos profissionais ou celebridades que se utilizam da fotografia para fins comerciais) são coordenados pelo próprio fotógrafo, então, não se preocupe: sua tarefa será praticamente só estar lá e aproveitar o momento.


Bruna Antonieta (performance fotográfica Tragédia Anunciada) por Gabriel Juan | Gabriel Juan Fotografia
Bruna Antonieta (performance fotográfica Tragédia Anunciada) por Gabriel Juan

UM EXAME DE CONSCIÊNCIA


O primeiro passo de um ensaio fotográfico acontece, na verdade, antes que o próprio fotógrafo saiba disso: ao querer celebrar uma conquista pessoal, demarcar um divisor de águas na vida, turbinar sua autoestima, dentre muitos outros motivos possíveis, você sentirá vontade de se presentear com um ensaio fotográfico e começará a refletir sobre essa decisão.


Essa reflexão envolve, geralmente, um pouco de pesquisa e identificação: para que você tenha certeza de que vai ser atendida por um(a) profissional que acredite nos mesmos valores que você, você pode procurar por sites e portfólios de fotógrafos(as) próximos usando o Google: veja quais fotos parecem ter mais a ver com sua personalidade, leia um pouco sobre a história da pessoa que irá lhe retratar, busque por depoimentos de clientes que já foram atendidas e tire suas dúvidas usando as redes sociais ou formulários dedicados à perguntas frequentes.


Milena Geovana por Gabriel Juan | Gabriel Juan Fotografia
Milena Geovana por Gabriel Juan

O PRIMEIRO CONTATO


Quando estiver certa de sua decisão, você pode entrar em contato diretamente com o(a) fotógrafo(a) para conhecer um pouco mais de perto seu trabalho e, por fim, solicitá-lo(a) um orçamento. Cada fotógrafo tem um canal de atendimento preferencial mas, em geral, qualquer conversa costuma fluir muito bem por e-mail, Whatsapp ou até mesmo pelo Direct do Instagram.


Dentro dessa conversa inicial, além de sanar suas dúvidas mais específicas, o(a) fotógrafo(a) que está te atendendo naturalmente fará algumas perguntas, de modo a alinhar suas expectativas com os serviços que ele(a) oferece, tais como:


  • Como você gostaria que suas fotos ficassem? Você tem alguma referência pra mostrar? Você se sentiu identificada com o ensaio de alguma antiga cliente minha?

  • Você costuma se sentir muito tímida com uma câmera apontada pra você? É a sua primeira vez fotografando?

  • De qual forma você prefere que as fotos sejam entregues? Em uma mídia física como um CD/Pendrive ou pela nuvem (Google Drive)?

  • Você tem algum objetivo secundário com suas fotos? Tem vontade de criar um álbum físico com elas? Talvez emoldurar algumas como quadros? Revelar todas elas individualmente?


Milena segura uma de suas fotografias reveladas em A3 | Gabriel Juan Fotografia
Milena segura uma de suas fotografias reveladas em A3

CONFIRMAÇÃO E INÍCIO


Ao fim dessa conversa inicial, quem está te atendendo provavelmente irá lhe enviar uma proposta de orçamento com descrições mais detalhadas sobre a duração do ensaio, quantidade de fotos a ser entregue, tempo de espera, preços e condições de pagamento. Na maior parte das vezes essas escolhas estão agrupadas em pacotes específicos com valores pré-determinados, visando facilitar e orientar a escolha por parte da cliente.


Quando você escolher um pacote para contratar, inicia-se, então, a fase de preparativos, que vou explicar daqui a pouco. Alguns fotógrafos podem requerer o pagamento de um “sinal” para oficializar a contratação: esse “sinal” é um valor de entrada, pago antes do ensaio acontecer, geralmente referente à 50% ou menos do preço total do pacote escolhido. Então, se quiser agilizar esse processo, antecipe-se mantendo instalados no seu telefone aplicativos de pagamento como PicPay e PayPal ou até mesmo apps dos bancos tradicionais, como Banco do Brasil e Itaú, para realizar transferências bancárias ou pagamentos de boletos de forma mais prática.


Carla está lendo a proposta de orçamento enviada por seu fotógrafo | Gabriel Juan Fotografia
Carla está lendo a proposta de orçamento enviada por seu fotógrafo.

DECIDIR DATA E HORA


Preparar-se para o dia das fotos pode ser uma prática até mesmo mais importante que o dia do ensaio em si: um bom planejamento feito a partir de um diálogo transparente e inspirador entre modelo e fotógrafo vai gerar um resultado final satisfatório para ambas as partes.

Nessa fase de planejamento, uma das primeiras coisas a se decidir será o dia e a hora da sessão de fotos: a maioria dos ensaios costuma ser feita nos fins de semana, onde você provavelmente vai poder “tirar o dia” para se dedicar à essa experiência sem se preocupar com trabalho, faculdade e demais compromissos pessoais: quando você dorme uma boa noite de sono, se alimenta corretamente e se mantém hidratada, a experiência fotográfica fica muito mais leve e prazerosa.


O horário também varia de caso para caso: alguns ensaios temáticos requerem que as fotos sejam feitas à noite, usando iluminação artificial, enquanto outros, feitos dentro de um espaço fechado, podem pedir a luz forte do sol do meio-dia. Porém, as melhores horas para fotografar, na opinião de 99% dos(as) fotógrafos(as), são no início da manhã e no fim da tarde, onde a luz do sol é mais suave, está em um ângulo mais lateral e possui tons mais alaranjados, contribuindo positivamente para a estética das fotos.


Camila acordou bem cedo pra ser fotografada na praia. | Gabriel Juan Fotografia
Camila acordou bem cedo pra ser fotografada na praia.

O CENÁRIO PERFEITO


Além da data e hora das fotos que serão clicadas, também é importante escolher com carinho o local e as roupas que você vai usar.


O local das fotos pode ter valor puramente estético (a orla de uma lagoa com ipês amarelos floridos), pode ter valor temático (uma antiga discoteca para um ensaio com tema “Anos 80”) ou também pode ter valor sentimental, como sua própria casa, a casa dos seus pais, seu parque favorito, o sítio dos seus avós, etc.


De qualquer forma, sempre verifique junto ao(à) fotógrafo(a) se é necessário pedir autorização à prefeitura da sua cidade ou à alguma instituição privada sobre o uso daquele espaço como cenário de um processo fotográfico com finalidade comercial: em alguns casos há um valor extra a ser pago para a ocupação daquele local e em outros há apenas poucos documentos para serem assinados.


Não se esqueça de conferir também se o lugar escolhido tem um espaço seguro e discreto pra fazer as trocas de roupas, além de lugares sombreados ou encobertos para descansar, tomar água, retocar a maquiagem, etc.


Beatriz cursa Letras na USP e decidiu fazer suas fotos na Livraria Cultura da Avenida Paulista | Gabriel Juan Fotografia
Beatriz cursa Letras na USP e decidiu fazer suas fotos na Livraria Cultura da Avenida Paulista

FALANDO DE ROUPAS E MAQUIAGEM


Sobre o look, as orientações são bem simples: dependendo do pacote que você escolheu, podem variar as possibilidades de trocas de roupa, então planeje a quantidade de combinações diferentes de acordo com o tempo disponível que o(a) fotografo(a) terá para lhe fotografar.